Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Novos clipes: Versalle e Robson Luiz

Além do novo clipe da banda Molho Negro, "Aparelhagem de Apartamento", dois outros vídeos foram lançados por artistas do Norte esta semana. 

Ontem, entrou no ar "Atrás da Solidão", clipe da banda Versalle, de Porto Velho, dirigido por Criston Lucas e Wesley Queiroz. 



E hoje foi lançado "Via Crucis", de Robson Luiz, cantor e compositor de Belém. A música traz forte mensagem social. 

 

Ingrid Sato interpretará canções de Serginho Sales no SESCanta Amapá

Foto: Renatah Melo

A cantora Ingrid Sato, que acaba de ter o contrato renovado com o Som do Norte, teve participação confirmada na primeira noite do SESCanta Amapá 2012. O evento acontece no SESC Araxá, em Macapá, nos próximos dias 22 e 23 de novembro, quinta e sexta. A intérprete estará cantando três composições de Serginho Sales:  "Proverbiando", "O Ponto" e "A Pausa" - esta, já conhecida de vocês, pois encerra o EP de Ingrid que lançamos em setembro (você ainda não baixou o EP? Clique aqui - http://musicadonorte.blogspot.com.br/2012/09/disco-do-mes-ep-ingrid-sato-2012.html - e resolva isto já!). 





  • Antes disso, no dia 6 de novembro, próxima terça, Ingrid participa ao vivo do Programa Olímpio Guarany (canal 24 de Macapá), a partir das 11h. Ingrid fala sobre o momento atual da carreira e canta algumas músicas acompanhada pelo violonista Rafael Boaventura. 

Em dia de lançamentos, Molho Negro apresenta CD e clipe novos

A banda paraense Molho Negro lançou nesta quarta, 31 de outubro, seu primeiro CD (intitulado Molho Negro) e o novo clipe, com a música "Aparelhagem de Apartamento". Para fazer o dowload, basta clicar na capa aí embaixo. 


O CD reúne o material que saiu no EP Rock!, gravado em Goiânia e lançado em janeiro (lembre aqui:  http://somdonorte.blogspot.com.br/2012/01/central-de-abastecimento-rock-molho.html) e 4 músicas gravadas em Natal no mês de agosto, durante a viagem para shows da banda no Centro Cultural DoSol, mais uma vinheta que faz a passagem entre os dois materiais. O material gravado em Natal a princípio se destinava a um segundo EP, que sairia em setembro, mas a banda optou (acertadamente, penso eu) em juntar tudo e já apresentar a seu público um CD cheio. Ouça na íntegra abaixo. 




A rigor, a única faixa totalmente inédita (fora a vinheta marota) é "THC"; as outras foram apresentadas antes em vídeo, conforme antecipamos aqui -  http://somdonorte.blogspot.com.br/2012/08/molho-negro-em-dosoltv-sessions.html.

"Aparelhagem de Apartamento", uma das músicas que fazem parte do vídeo que consta do link acima, ganhou clipe, dirigido por Emídio Contente e João Lemos, este também autor do roteiro e editor do clipe. É ele também o guitarrista que na hora do solo dá um chega-pra-lá no ator André Leão. Também participam do vídeo outras figuras do cenário indie de Belém, como as DJs da festa Peggy Mandy e Camilly Almeida (esta, engraçadíssima na sua performance à la Gaby Amarantos). 



Com estes lançamentos, a Molho Negro se credencia como uma das maiores (no sentido de agradáveis) surpresas surgidas na cena roqueira de Belém neste ano. 

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Rapidola @SomdoNorte: atualizações da 3ª, 30.10.12


  • 23h57 - O trompetista Daniel Delatuche publicou no Facebook foto que registra momento da gravação do quarto CD de Lia Sophia (acima), produzido por Carlos Eduardo Miranda



  • 22h10 - Gaby Amarantos recebeu há pouco das mãos de Criolo o Prêmio Bravo! de melhor disco do ano para Treme! (Som Livre). O momento foi registrado na foto de Felipe Altenfelder (acima). 

  • 22h - Cancelado o show que Fernanda Takai e Andy Summers (ex-The Police) fariam no Teatro Bradesco (São Paulo) nesta quarta, 31. Andy teve que antecipar a volta a Los Angeles devido a questões particulares. 

  • 21h43 - Yuri Guedelha homenageia o centenário de Herivelto Martins no show Segredo, no Teatro Estação Gasômetro (Belém) dia 6 de novembro, uma terça, às 20h. Ingressos a R$ 15 (cadeira) e R$ 10 (arquibancada). Participam as cantoras Juliana Franco, Malu Guedelha, Natália Matos e Sol Raiol. OBS: O show foi transferido para 9 de novembro, sexta, na Casa do Gilson, a partir de 22h. Ingressos individuais: R$ 10; mesa R$ 60. 



No Estúdio: Gang do Eletro


As fotos deste post foram publicadas hoje no Facebook pelo DJ Waldo Squash, direto do Rio de Janeiro, onde a Gang do Eletro faz gravações para seu primeiro CD. Na foto acima, publicada perto de 13h, Felipe Cordeiro afina a guitarra para gravar participação em "Dançando no Salão".

Na foto abaixo, Waldo e Felipe, após gravar, já pelas 15h, acompanham o trabalho do técnico de som. 


Kali e os Kalhordas lançam CD em Boa Vista no sábado

 


No dia 3 de novembro, um sábado, a banda Kali e os Kalhordas, de Porto Velho, faz show de lançamento de seu primeiro CD, ... E a Primavera Chega, na Casa do Neuber, a partir das 22 horas, com ingressos a dez reais. A abertura estará a cargo do grupo Canoras, também de Porto Velho, e da banda Jamrock.

Kali e os Kalhordas estarão pela primeira vez em Boa Vista nessa próxima semana. Formado no começo do ano, o grupo lançou em setembro seu primeiro álbum, reunindo 11 composições de sua vocalista, Kali Tourinho (à direita em foto Fotografiarte), com destaque para a faixa-título, além de “Parte de Mim”, “Como Esconder?!” e “Decisão”. Abrindo o disco, “Sobre o Acaso”, um poema de Gabi Amadio, que o estará declamando neste show do dia 3. No mês passado, a banda participou do festival Casarão, em Porto Velho, e também estreou fora do estado, no Acre Rock Festival, em Rio Branco. O som de Kali e os Kalhordas se insere no conceito de MPBéra, a Música Popular Beradeira, típica de Rondônia, mesclando elementos de samba, bossa nova, soul e rock'n'roll. 



Kali Tourinho mantém ainda com Gabi Amadio o projeto de música e poesia Canoras (ao lado, foto da estreia do duo, em fevereiro), que estreou no evento Isso é Poesia?, no Mercado Cultural da capital de Rondônia, em fevereiro deste ano. No mês seguinte, as Canoras participaram do Grito Rock Porto Velho. Também integraram a programação do evento Juntos Fora do Eixo Amazônia, que reuniu agentes culturais de toda a região Norte, em junho. Sua apresentação na Casa do Neuber, que abre o sábado, será a primeira da dupla fora de seu estado de origem. No espetáculo, Gabi declama seus poemas (alguns podem ser lidos no blog http://poetagabiamadio.blogspot.com.br/), e Kali canta composições suas e de ícones da MPB como Belchior, Gilberto Gil, João Donato, Geraldo Azevedo e Alceu Valença. 


Já a Jamrock dispensa apresentações em Boa Vista. Surgido em 2009, o quarteto de power pop reggae une a harmonia do reggae com a atitude rock, propagando mensagens positivas em suas canções. Um dos grupos de maior sucesso e prestígio em Roraima, apresentou-se pela primeira vez em outro estado no mês de agosto, quando fez dois shows em Manaus (ao lado, em foto de Ed Andrade Jr.). Sobre a experiência, a vocalista Gabi comentou: “Ver e sentir o nosso som sendo aceito e reconhecido foi maravilhoso. Foi incrível!”. Gabi destacou ainda sua alegria por ver que o público do Amazonas cantava junto com a banda as músicas do primeiro EP da Jamrock, intitulado A Primeira Viagem, uma prévia do CD de estreia, atualmente em pré-produção. Lançado pelo blog Som do Norte em junho passado, o EP pode ser baixado em http://somdonorte.blogspot.com.br/2012/06/disco-do-mes-primeira-viagem-jamrock.html

Serviço

Show: Kali & os Kalhordas - Lançamento do Disco ...E a Primavera Chega
Local: Casa do Neuber - Avenida Ville Roy - São Vicente.
Data:  3 de novembro – 22h
Ingressos: R$ 10,00
Abertura: Jamrock e Canoras



* Publicado na Folha de Boa Vista em 29.10.12 - 

sábado, 27 de outubro de 2012

Agenda Boa Vista: Festival Tomarrock 2012


Música

Quinta, 1.11 - Local: Espaço DoQuintal

Reclive
Cabocrioulo (AM)
Jamrock
Alaidenegão (AM)

Sexta, 2.11 - Local: Palco das Piscinas do SESC Mecejana

Johnny Manero
Elisa Maia (AM) e Euterpe
Kali e os Kalhordas (RO)
Iekuana
Tudo Pelos Ares (AM)

Sábado, 3.11 - Local: Palco das Piscinas do SESC Mecejana

The Joy
Haadj
Serginho Barros
Mezatrio (AM) 
Mr. Jungle
Autoramas (RJ) 
* Os shows dos dias 2 e 3 foram transferidos do local original, o Espaço Nós Existimos

Segunda, 5.11 – Palco Fora do Eixo – Local: Videotoca Palácio da Cultura

Terça, 6.11 – Clube de Cinema Fora do Eixo – Mostra Alex Pizano -  Local: Videoteca do Palácio da Cultura

Quarta a sexta, 7 a 9.11 - Seminário UNICULT sobre Economia Criativa - Com Michelle Andrews e Júlia Albertoni – Local: Auditório do Sebrae-RR


quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Na Rede: Até o Tucupi 2012

O Coletivo Difusão postou no Vimeo um vídeo-balanço do que rolou no Festival Até o Tucupi 2012.  A sexta edição do evento rolou em Manaus no começo de setembro. 

O vídeo traz imagens de vários dos shows, além das oficinas e intervenções artísticas. A música de abertura é "Subindo pelas Paredes", clássico de Nunes Filho. Também se ouve som da Gang do Eletro, grupo paraense que tem a amazonense Keila Gentil como vocalista. 



quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Homenagem a Manaus (3): Uma canção de amor para Manaus

Teu encanto reluz meu viver/ Coração de bondade e bem querer/ O que me faz sonhar é saber/ O quanto eu amo você/ Manaus... Esse é o refrão da mais nova música feita em homenagem a Manaus, que hoje completa 343 anos*. Com ela concluímos nossa série celebrando o aniversário da cidade, que contou na segunda com um samba de Chico da Silva e ontem com um sucesso de Alaídenegão. 

De autoria de Gonzaga Blantez e gravada no Estúdio Amazonas Arts pela cantora Karine Aguiar (uma artista Som do Norte), com acompanhamento de Neil Armstrong ao violão, "Uma Canção para Manaus" foi lançada no YouTube no domingo, 21. É a primeira canção que Karine grava, após registrar em seu CD Arraial do Mundo em Nova York, em maio. A bela melodia cria o clima perfeito para o eu-lírico, na letra, tratar de doces lembranças e expressar todo seu carinho pela capital amazonense, sentimentos estes despertados pela voz do seu amor. 

Dialogam com esta beleza as imagens captadas por Yone Corrêa, e que mostram aspectos históricos, naturais, turísticos e até gastronômicos de Manaus. 


* OBS: Nesta quarta, o historiador amazonense Ygor Olinto Rocha Cavalcante citou no Facebook o livro didático de Francisco Jorge dos Santos, distribuído gratuitamente nas escolas do Amazonas. Nele, o autor localiza em 24 de outubro de 1848 a data da criação da cidade da Barra do Rio Negro, a instalação do que se pode considerar o início de um verdadeiro núcleo urbano na área hoje ocupada por Manaus. A data de 1669 (à qual se acoplou o dia 24 de outubro, sem comprovação maior) corresponde à construção do forte do Rio Negro, sem, porém, ocorrer simultaneamente a instalação de uma cidade ou vila. Manaus estaria comemorando, portanto, 164 anos. 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Agenda Belém: Olivar Barreto


O show homenageia os 70 anos do baiano Gilberto Gil. 

Entrada franca, aliás como sempre é no SESC Boulevard. 

Movimento HotSpot seleciona três paraenses


Os grupos Projeto Charmoso e Strobo, além do músico Allan Carvalho (com o projeto Melodia das Ruas), foram os selecionados do Pará no Movimento HotSpot, que fez scoutings (que tanto pode ser sessões de observação quanto de reconhecimento) em duas capitais do Norte, Belém e Manaus, além de outras 14 capitais brasileiras. Outros 26 projetos também foram escolhidos pelo curador de música José Flávio Jr., crítico da revista Bravo, dos estados da Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Este processo de scouting e curadoria corresponde à primeira eliminatória.

A segunda eliminatória abrange 10 festivais multiculturais que serão realizados em 10 capitais, sendo a primeira São Luís e a segunda Belém (a única etapa no Norte). A última será Porto Alegre. Quem se destacar nos festivais irá para o Tanque de Ideias, uma imersão de criativos de diversas áreas (moda, fotografia, design, arquitetura etc.) que vai durar três semanas. 

O melhor em cada categoria recebe um prêmio de R$ 10 mil. 

Homenagem a Manaus (2): Rodar na Bica

Seguimos hoje na nossa homenagem a Manaus. Depois de trazer um clássico de Chico da Silva ontem, dessa vez temos um tema bem contemporâneo - o clipe de "Rodar na Bica", da banda Alaídenegão. A música faz parte do EP Tecendo o Som, o terceiro do grupo, lançado neste ano. O clipe foi rodado em Manaus e publicado no YouTube em 4 de setembro. A homenagem será concluída amanhã, data dos 343 da capital amazonense, com uma surpresa. Aguardem! 


Ficha Técnica:

Direção: Lucas Jatobá e Robert Coelho
Fotografia: Yure Cesar, Robert Coelho e Lucas Jatobá
Produção: Beatriz Domingues
Direção de Arte: Adroaldo Pereira
Montagem / Edição: Raoni Franco
Assistentes de Produção: Tamiris Lima, Kamila Assem, Josilene Beserra, Graziela Praia, Sarah Pimentel.
Fotografia Still: Rakel Caminha

Patrocínio: Jacc Produções
Apoio: 602 Filmes e Coletivo Difusão
Realização: f/2 produções e Cauxi Produções

Rapidola @SomdoNorte: atualizações da 3ª, 23.10.12


  • 20h15 - Felipe Cordeiro toca no dia 17 de novembro no festival BH Music Station, em Belo Horizonte. No mesmo dia se apresentam Alceu Valença, Ibrahim Feher Júnior e Falcatrua. Os shows serão realizados em estações do metrô. O festival também terá shows nos dias 10 e 24 (ou seja, sempre em sábado). Diferentemente de projeto semelhante, intitulado "Arte nos Trilhos", desenvolvido no metrô de Porto Alegre no final dos anos 1990, que era gratuito, neste há cobrança de ingressos - R$ 100 por dia, R$ 240 o passaporte para todas as datas (ambos com meia-entrada). O link para compra dos ingressos é http://premier.ticketsforfun.com.br/


  • 5h30 - A Turbo lançou neste domingo, 21, o clipe oficial de "Viciado", música que gravou de autoria de outra banda paraense, a Delinquentes. A versão saiu em 2009 no CD Balanço do Rock 19 Anos - Um Tributo Delinquente




  • 5h20 - Foram lançados agora em outubro o CD e o DVD oficiais do 34º Femucic, festival não-competitivo de música realizado anualmente em Maringá (PR). A edição deste ano foi em maio. O DVD inclui quatro músicas nortistas: "Amor Praiano", com o Grupo Sancari (PA), "Aruanã", com Verônica Padrão (AC), "Coração Benedito", interpretada por Brenda Melo (AP) e "Romeiro do Bonfim", com Dorivã (TO). Verônica e Dorivã tiveram as mesmas canções incluídas no CD, enquanto a participação do Sancari é com a faixa "Saudade Louca". 



7º Festival Se Rasgum anuncia primeiras bandas

Arte: Junior Lopes

O Festival Se Rasgum anunciou na noite desta segunda, 22, suas primeiras atrações confirmadas para a sétima edição do evento, que rola dezembro em Belém  - no dia 6 (quinta) no Teatro Estação Gasômetro, e nos dias 7 e 8 (sexta e sábado) no African Bar, que sediou as duas últimas noites do festival de 2010. 

Foram anunciados: Ben Kweller (EUA), Thiago Pethit (SP), a banda Apanhador Só (RS), além dos paraenses Tonny Brasil, que terá como convidado Mauro Cotta, e Strobo. Kweller estará pela primeira vez no Brasil. 

As demais atrações, bem como valores e pontos de venda de ingressos, serão anunciados em breve. 

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Música na Orla leva música autoral paraense ao público da Estação

Texto: Camila Barros (Agência Pará)
Fotos: Everaldo Nascimento/ Pará 2000 


O projeto Música na Orla apresentou este mês a coletânea “Ritmos do Pará”, que fez um verdadeiro passeio pela sonoridade produzida no Estado. Do tradicional ao contemporâneo, do carimbó ao brega, durante três dias os frequentadores e visitantes da Estação das Docas (Belém) puderam conhecer melhor a cultura regional. Na noite deste domingo, 21, o show de Joelma Kláudia e convidados encerrou em alto estilo a terceira noite do projeto.
A banda paraense Clepsidra foi quem a abriu a noite especial. Com um repertório totalmente autoral, Renato Torres (voz e guitarra), Arthur Kunz (bateria) e Maurício Panzera (baixo) interpretaram canções como “Independente”, “Serena” e “Condição”. Para Renato Torres, o projeto é essencial. "A cidade precisa de projetos musicais gratuitos à população. A cena musical do Pará é riquíssima e é importante que os próprios paraenses tenham a oportunidade de conhecer a música que produzimos aqui e que os artistas possam mostrar o seu trabalho”, pontuou.
Clepsidra 
Considerada uma das revelações da nova música produzida no Pará, a cantora Aíla trouxe ao palco do 'Música na Orla', canções do seu primeiro CD “Trelêlê”, entre elas “Proposta Indecente”, “Preciso ouvir música sem você”, “Brechot do Brega” e “Garota”. Aíla foi acompanhada pela banda base formada pelos músicos Willy Benitez (bateria), Neném Silva (guitarra) e Rafael Azevedo (baixo).
A estrela da noite, Joelma Kláudia trouxe a orla da Estação das Docas o “Circuito Autoral”, que visa a divulgação do seu DVD intitulado “Dias Assim”, gravado em 2010, na sua cidade-natal: Altamira. Como convidados, André Leemax, Gigi Furtado e MC Bruno B.O. animaram o público com um vasto repertório autoral. “O Música na Orla é um projeto maravilhoso que agrega valores aos artistas locais, não só os do circuito independente, e mostra a esse público rotativo de visitantes da Estação um pouco da nossa cultura. Parabenizo a OS Pará 2000 pela inciativa e fico muito feliz em ter participado deste projeto”, ressaltou.
O estudante Yuga Andrade, 22 anos, acompanhou os três dias do Música na Orla e destacou a iniciativa da Estação em aproximar a população da música produzida no Estado. “Achei muito interessante o projeto, que valoriza o artista local, principalmente aqueles que mantem um trabalho autoral. Esta iniciativa da Estação oportuniza, ainda, que a população assista aos shows de graça. Isto é muito válido”.
Para a presidente da Organização Social Pará 2000, Gabriela Landé, a coletânea “Ritmos do Pará” apresentou uma mostra da música paraense. “Trouxemos à Orla da Estação o tradicional carimbó, a percussão com o Trio Manari, o brega com Edilson Moreno, e novos talentos como Aíla e Joelma Kláudia, que representam essa cena. A interação do público foi maior do que esperávamos, eles prestigiaram a programação e trocaram energias positivas com os cantores. Isso mostra o sucesso do projeto que veio pra ficar.”, destacou.
O Projeto Música na Orla é uma realização do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), por meio da Organização Social Pará 2000, que leva à população programações culturais gratuitas. De 23 a 25 de novembro, o projeto apresenta a coletânea “Choro e Samba”.  

* Publicado originalmente no site da Agência Pará -

Homenagem a Manaus (1): Domingo de Manaus

Vamos nesta semana fazer uma série de postagens com músicas homenageando a cidade de Manaus, que completa 343 anos nesta quarta, dia 24 de outubro. 

Começamos com um samba clássico de Chico da Silva, lançado em seu LP Sambaterapia (PolyGram, 1983): "Domingo de Manaus". Nele, Chico convida o turista a conhecer os melhores aspectos da capital amazonense. 



Para quem não está ligando o nome à pessoa, Chico é o autor da toada "Vermelho", a música do Amazonas mais conhecida no Brasil todo, gravada por Márcia Siqueira, Fafá de Belém e Daniela Mercury, entre outros. 

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Homenagem à Batucada do Bloco Canalha

Não sou poeta, mas já cometi algumas poesias na vida. Algumas preservadas nos livros de contos que publiquei ainda em Bento Gonçalves (RS) - Zás-Trás-Puf (1985) e A Garota no Bar (1990) -, outras dispersas em jornais de lá nos quais colaborei por essa mesma época. Um dos últimos que me lembro de ter escrito foi "25 Anos de Festivais", em 1990 - a referência temporal era o Festival da Música Brasileira, que a TV Excelsior promovera em 1965, vencido por Elis Regina com "Arrastão" (Edu Lobo - Vinicius de Moraes). Leia o poema no site Brasileirinho (http://www.brasileirinho.mus.br/artigos/festivais.html).

Bueno, então como notam foi totalmente inesperado até para mim mesmo ter surgido em minha mente nesta manhã versos sobre a Batucada do Bloco Canalha, que para noooosssa alegria volta a acontecer nesta sexta, a partir das 19h, aqui em Belém. As outras informações de serviço constam do próprio poema, que dedico a todos os que fazem a Batucada e aos que ajudam a manter acesa a chama da cultura popular nesta cidade de Santa Maria de Belém do Grão-Pará!


Samba (Di Cavalcanti), obra desaparecida 
em recente incêndio


Sexta sim, sexta não,
O esquema não falha,
É garantida a diversão
na Batucada do Coletivo Canalha

Vem menina,
Bora rapaz,
A batucada é ao lado
do Theatro da Paz

Curte choro e samba? Então
Outro programa não marque
A batucada rola vizinha
Ao Bar do Parque

A batucada é democrática,
Te dou esse toque
Não é só samba e choro, na prática
Já teve boi, carimbó e até rock!

Pára com tua graça e vem logo
Curtir o som deste Bloco!
Não pagas nada para ouvir um som que é puro mel
Mas agradecemos se depositares no chapéu!


* Publicado originalmente na página do evento no Facebook -

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Rapidola @SomdoNorte: atualizações da quinta, 18.10.12


  • 0h50 - A cantora Karine Aguiar (à direita na foto), uma artista Som do Norte, faz participação especial no show do levantador oficial do Boi Caprichoso, David Assayag (à esquerda), em Manaus. O evento acontece na Feirinha do Tururi, ao lado do galpão da Unidos do Alvorada, na Alameda do Samba, a partir das 21h, com entrada franca. Será o último dia da Feirinha, que iniciou no dia 9. 

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Ícaro Suzuki fala em volta aos palcos

Ícaro Suzuki e sua irmã Briseida

O músico Ícaro Suzuki falou à repórter Trisha Guimarães, da TV Liberal (Belém), na primeira entrevista desde que o baixista teve alta do hospital, no dia 10. A conversa foi exibida parcialmente em matéria levada ao ar pelo Jornal Liberal - 2ª Edição às 19h desta terça, 16, e pode ser vista em http://g1.globo.com/pa/para/jornal-liberal-2edicao/videos/t/edicoes/v/musico-icaro-suzuki-recebe-alta-apos-ser-atropelado-por-delegado-em-belem/2192645/ . A entrevista completa será exibida no  programa Bom Dia Pará, na manhã desta quarta, 17. 

Também nesta terça, o G1 Pará publicou matéria assinada pela "Redação Portal ORM" com destaques da entrevista completa (http://noticias.orm.com.br/noticia.asp?id=613928&%7Cm%C3%BAsico+atropelado+por+delegado+fala+pela+primeira+vez+sobre+acidente#.UH4aYMXA_9q). Entre outras coisas, informa que Ícaro volta ao hospital nesta quarta para retirar os 32 pontos da cirurgia pela qual passou no dia 10 para retirar coágulo sanguíneo formado na cabeça, e também ser avaliado pelos médicos. A possibilidade de ele ficar com sequelas já foi descartada.

Sobre a carreira, Ícaro revelou que em novembro estreia um projeto paralelo seu intitulado "Irracionais", um tributo a Tim Maia. E que também por enquanto não há previsão de seu retorno aos ensaios com a banda Madame Saatan.





terça-feira, 16 de outubro de 2012

SKINNI ROCK FESTIVAL - NOTA OFICIAL



Promover eventos culturais em Boa Vista nem sempre é uma tarefa fácil. São muitos os desafios que um produtor cultural enfrenta, entre eles financeiros, burocráticos e geográficos.

Em 12 anos de carreira artística e produção cultural, eu, Victor Matheus, tive a oportunidade e encarei o desafio de promover shows, eventos e festivais de rock em Roraima, fomentando e agitando a cena rock do extremo norte do Brasil através do Blog Roraimarocknroll, o Selo Independente Roraimarock Discos e a Coluna Roraimarock do Jornal Folha de Boa Vista.

Sempre realizei meus projetos de forma independente e com a colaboração de pessoas e empresas que acreditam que a cultura, em especial o rock, ainda é um meio de comunicação catalisador de transformações sociais e ideológicas capaz de mudar nossa realidade e propor novas formas de interação social sem distinguir classes ou subculturas e ideologias.

Um dos frutos do meu trabalho e sonho pessoal ao longo desse período foi a realização do Skinni Rock Festival, festival de música e sustentabilidade promovido pelo Blog Roraimarocknroll que visa agitar e fomentar a cena rock local, promover seus artistas e proporcionar ao público local um evento de entretenimento e cultura de acesso rápido e custo baixo, com entrada franca e premiação para as bandas, além de campanhas sociais e participação de bandas regionais, como forma de fomentar as microrrotas de circulação de artistas do extremo Norte do Brasil.

Promover um evento do porte do Skinni Rock Festival engloba alguns desafios que infelizmente não pudemos solucionar por questões alheias à nossa vontade, questões legais e autorizações por parte dos órgãos públicos competentes e fiscalizadores relacionados ao tipo de evento que estamos propondo e nos locais que planejamos realizá-lo. Compreendemos as limitações e respeitamos o que está constituído em lei e jamais faremos algo para desafiá-lo ou expor os envolvidos.

Preservamos sempre em nosso trabalho o profissionalismo, compromisso e respeito tanto com nossos investidores, apoiadores, artistas e principalmente o público, os maiores beneficiados por ações como estas a que nos propomos realizar.

Por estas razões, decidimos adiar a 2ª Edição do Skinni Rock Festival para o ano de 2013, mantendo a mesma proposta inovadora que fez do festival uma referência em música e sustentabilidade no Extremo Norte do Brasil e colocou definitivamente Roraima no mapa da música independente do Brasil, com reconhecimento nacional e destaque em vários meios de comunicação.

Preferimos preservar a credibilidade da marca, bem como respeitar e valorizar nossos investidores, apoiadores, equipe de trabalho e artistas que se dispuseram a participar do nosso evento do que arriscar a fazê-lo por vias “ilegais” que possam prejudicar ou até mesmo embargar o festival no momento de sua execução. Preferimos evitar os transtornos a arriscar e prejudicar os envolvidos nessa iniciativa.

Desde já agradecemos ao apoio das empresas que acreditam em nosso trabalho, aos artistas e bandas do Norte que se dispuseram a participar do evento e ao apoio do público que sempre prestigia nossos eventos.

O grande sábio Sun Tzu, no livro A Arte da Guerra, comentou “na guerra, preze pela vitória rápida e evite as operações prolongadas”. Adotamos a mesma filosofia, pois os desafios são dados àqueles capazes de realizarem. Nós tentamos e por ora não conseguimos, mas não significa que desistiremos dos nossos sonhos e objetivos. A jornada continua. Ao próximo passo, sempre.

Atenciosamente,

Victor Matheus
Organizador – Skinni Rock Festival.

* Publicado originalmente em: 

domingo, 14 de outubro de 2012

Maquinários lança making off do novo EP

A banda Maquinários lançou no YouTube no dia 6 o making off da gravação do seu novo EP, intitulado Seis Milhas para o Inferno. O sucessor do EP-1, lançado em maio de 2011 pelo Som do Norte, foi gravado no estúdio Mr. Som, em São Paulo, em cinco dias do mês de setembro. 

O EP conta com 4 faixas inéditas, mais as participações de Rogério Fernandes (da Carro Bomba) e Marcello Pompeu (da Korzus) - este, também o produtor do disco, ao lado de Heros Trench (ambos vencedores do Grammy Latino 2009 pela produção do CD Depois da Guerra, da banda Oficina G3). Dois integrantes da banda Baranga, Deca e Ricardo Schevano, também colaboraram na fase de pré-produção. O material ainda não tem data prevista pra lançamento. Uma das músicas incluídas, "Além da Estrada", já teve uma prévia lançada aqui em agosto (http://somdonorte.blogspot.com.br/2012/08/maquinarios-lanca-previa-do-novo-som.html).

Fora isso, me impressionou a semelhança da moça que aparece algumas vezes entre os 3:48 e 4:06 do vídeo com a cantora Vanessa Rafaelly, vocalista da banda Mysterial, de Macapá. Nascida no Pará, Vanessa também atua paralelamente como cantora popular, e terá seu trabalho solo produzido pelo jornalista Fabio Gomes, editor deste blog. Vejam a foto de Vanessa e comparem com a moça do vídeo (que é namorada do Rogério Fernandes).





Dueto com Otto marca estreia de Luê em CD de estúdio

Estreia em grande estilo é isso aí. Até aqui, eram apenas em registros ao vivo que podíamos ouvir a voz de Luê. O primeiro foi no nosso CD virtual Som do Norte 2011, seguido do lançamento, também aqui pelo blog, do áudio do show Tu, Já Rainha, e por fim uma faixa no CD duplo Terruá Pará 2. E eis enfim que a paraense tem sua voz em um CD de estúdio - ela participa da sexta faixa do novo CD do pernambucano Otto, The Moon 111, "Selvagens Olhos, Nego!". No caso é 'négo', do verbo negar. Os dois, Otto e Luê, fazem parte do cast da Natura Musical. Acompanhando os dois, apenas Catatau (guitarra), Dengue (baixo) e Pupilo (bateria). Precisava mais?




E em breve vem mais som de Luê por aí. Ela gravou participação em "Saara", a música que marcou sua estreia nos palcos em novembro de 2010, no já-gravado-e-ainda-não-lançado CD Tá Falado, de Arthur Espíndola. Quanto ao CD dela própria, continua "em obras", como ela me confirmou na tarde deste sábado, 13, após cantar ao lado de Lia Sophia e Nanna Reis no Arrastão do Círio, na Praça do Carmo, em Belém.

***


Falando em Otto: depois do show de lançamento do CD em São Paulo na sexta, 12, chega a vez do Rio de Janeiro nesta próxima sexta, 19, com abertura de mais um paraense - Felipe Cordeiro. 

Agenda Belém: Juliana Sinimbú convida O Charme do Choro

A cantora Juliana Sinimbú e o grupo O Charme do Choro fizeram um show juntas em setembro durante a Feira do Livro de Belém, homenageando grandes letristas brasileiros. Dali a coisa evoluiu para o convite a Juliana para fazer uma participação especial no show que O Charme apresentou nesta quinta, 11 de outubro, no SESC Boulevard. Uma megaparticipação, a bem da verdade, que foi mais da metade do show, onde Juliana brilhou interpretando clássicos como "Lamento" (Pixinguinha - Vinicius de Moraes) e "João Valentão" (Dorival Caymmi - esta, num belo trecho inicial só com sua voz, sem acompanhamento. Também participaram desse show Natália Matos (cuja atuação foi prejudicada por uma falha persistente e inexplicável no microfone, na segunda das duas músicas que cantou - e ela bravamente seguiu cantando) e o violonista Sebastião Tapajós, que tocou também dois temas com as meninas d'O Charme. 


Bom, e no próximo dia 27, um sábado, é a vez de Juliana retribuir o convite, chamando O Charme para tocar com ela também no SESC. La Sinimbú ainda não adiantou nada sobre o repertório, mas é válido supor que entrarão, além de suas próprias composições (e de um samba de Cartola, conforme ela prometeu no dia 11, já que comemorávamos os 104 anos de nascimento do compositor), os dois singles que ela lançou este ano: "Quero Quero", de Iva Rothe, e o recentíssimo "Não me Provoca", de Dona Onete, em arranjo de Arthur Kunz, tendo Davi Amorim à guitarra e banjo. O áudio foi lançado no Souncloud também no dia 11. 

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Foi Show: Fim de semana em Rio Branco

 Por Nany Damasceno,
de Rio Branco

O último final de semana em Rio Branco foi bastante agitado. Recheado de eventos culturais que tiveram inicio já na quinta-feira, dia 4, com o Sarau da Casa, na UFAC (Universidade Federal do Acre), organizado pelo Coletivo Ciclo Florestal. 

O sarau, de acordo com um dos membros do coletivo, Lucas Monteiro, teve como objetivo “dar incentivo à cultura dentro da própria universidade, onde não vem tendo nenhum estimulo, e além de tudo, dar uma valorizada nas bandas locais". Ressaltou que há "poucos lugares para nossas bandas se apresentarem". Desta forma, o sarau contribuiria também para que as bandas adquiram experiência. 

Foram mais de três horas de show, a partir das 20h, com as bandas Apátridas, Maria Joana, Os Descordantes e Camundogs. Apesar do clima intimista, considerei a noite energizante. 

Formado recentemente por estudantes de Engenharia Florestal, aos quais logo se agregaram alunos de Medicina, Nutrição, Biologia e História, o Coletivo Ciclo Florestal vem resgatando a tradição dos saraus do DCE (Diretório Central dos Estudantes) da UFAC, onde há alguns anos se apresentavam artistas e bandas como Los Porongas, Caldo de Piaba, Filomedusa e Pia Vila. Um dos objetivos é retomar o Festival da Canção Universitária. 

Já a sexta, 5, foi marcada pelo Tributo ao Beatles no Café Porão. O lugar, aconchegante e climatizado, ficou pequeno para a grande quantidade de pessoas. Começou às 22 horas, e já por volta das 23h30 estava praticamente impossível entrar no local, mesmo com a chuva que insistia em cair. A homenagem ao quarteto britânico ficou por conta das bandas Os Descordantes e Mogno. A primeira aproveitou para comemorar também o lançamento, na véspera, de seu primeiro EP, Vida em Cinco Atos, Disco do Mês de outubro do Som do Norte (ouça aqui - http://musicadonorte.blogspot.com.br/2012/10/disco-do-mes-vida-em-cinco-atos_4.html)

Com seus repertórios cuidadosamente selecionados, as duas bandas agradaram ao público que se espremia para poder acompanhar os shows. Além disso, nenhuma das duas conseguiu sair do palco cantando apenas canções dos Beatles. O público pediu várias das músicas autorais, uma demonstração de valorização à boa musica acreana.

Dito (Os Descordantes) no Porão

E os embalos de sábado à noite ficaram por conta do ensaio aberto do Quinteto Mujangué, apresentado na Usina de Arte. Zé Jarina, Tiago de Moura, Chico Corrêa, Antônio Loureiro e Arismar do Espírito Santo formam o quinteto que surgiu a partir do edital Rumos Música Coletivo do Itaú Cultural. Eles iniciaram um trabalho conjunto realizando vários encontros que aconteceram nas cidades de cada um dos integrantes, passando assim por João Pessoa (PB), Belo Horizonte (MG), Passo Fundo (RS) e São Paulo (SP); e por último, em Rio Branco.

Quinteto Mujangué

 As apresentações do Quinteto Mujangué são marcadas pela diversidade musical que representa a junção da bateria e piano de Arismar, com o trabalho do jovem compositor Antônio Loureiro no vibrafone, junto à guitarra de Tiago de Moura, com as experiências eletrônicas do também guitarrista Chico Corrêa, e a irreverência do acreano Zé Jarina. Oriundo da família Farias, uma tradicionalmente conhecida no Acre por sua importante contribuição cultural , Zé Jarina é um artista irreverente que faz uma mistura de cordel, música e contação de histórias. Sobre o show, ele comentou, referindo-se a si próprio na terceira pessoa:

- Foi muito bacana, as pessoas acharam diferente do trabalho que o Zé Jarina faz. Os músicos estavam todos livres para criar durante o espetáculo e as melodias foram fluindo e o Zé Jarina tá muito feliz com tudo. 

A mistura de estilos e culturas torna o show interessante do início ao fim. Original, engraçado e talentoso. Zé Jarina é sem dúvidas uma das figuras mais culturais deste Estado.

E há quem diga que Rio Branco é a cidade do tédio.

Central de Abastecimento: Cidades - Lucimar

Nesta semana, novamente o cantor Lucimar, do Tocantins, voltou a me enviar gravações suas, como fazia com frequência na época do surgimento do Som do Norte. Além de gostar das músicas, notei uma linha comum entre seus temas, o que me animou a lançá-las aqui como um single. 

A primeira é um clássico da extinta banda paraense Mosaico de Ravena: "Belém, Pará, Brasil", em que  o autor Edmar Rocha brinca com os clichês de local pouco civilizado, forma como Belém (e de resto a Amazônia toda) algumas vezes é vista em outras regiões do Brasil - venha um de cada vez, não queremos nossos jacarés tropeçando em vocês. A canção conseguiu a rara proeza de, nascendo no universo roqueiro, ser incorporada ao inconsciente coletivo paraense, sendo muito cantada inclusive nos bares onde impera a MPB. Foi por essa circunstância, aliás, que Lucimar veio a conhecê-la, quando do show de Nilson Chaves em Palmas, no evento Aldeia Jiquitaia, promovido pelo SESC Palmas em 3 de setembro de 2012. A gravação de Lucimar foi realizada na segunda, 8 de outubro. 

A outra composição é do próprio Lucimar, e homenageia sua cidade natal, Filadélfia, no Tocantins. A cidade fica à margem esquerda do Rio Tocantins, tendo na margem direita o município de Carolina, no Maranhão. Na foto ao lado, de autoria de Otávio Nogueira, vemos um trecho do rio Tocantins justamente no ponte onde divide (ou liga?) as duas cidades. 



 

Rapidola @SomdoNorte: atualizações da 6ª, 12.10,12


  • 21h15 - A escola de samba Acadêmicos da Santa Fé, de Taubaté (SP), leva à avenida em 2013 o tema "Bem Vindo a Parintins, a Ilha Encantada Apresenta a Festa do Boi-Bumbá". 

Banda Calypso
  • 21h13 - Com a estreia de Guerra dos Sexos (TV Globo) na segunda, 1, a Banda Calypso tornou-se a atual recordista em temas em trilhas de dramaturgia. Além de "Me Beije Agora" na trama global, teve "Quem Ama não Deixa de Amar", sua parceria com Amado Batista, selecionada para Balacobaco, que estreou recentemente na TV Record. Afora isso, segue com "Entre Tapas e Beijos" na abertura de Tapas e Beijos, também na Globo. 

  • 21h10 - Treme, de Gaby Amarantos, foi indicado ao 8º Prêmio Bravo! de Cultura, que este ano homenageia o centenário de Luiz Gonzaga. Gaby concorre na categoria "Melhor CD de Música Popular" com Arrocha (Curumim) e Tudo Tanto (Tulipa Ruiz). Já o gaúcho Carlos Eduardo Miranda, que dirigiu o CD de Gaby, mais os shows de Felipe Cordeiro (lançamento do CD Kitsch Pop Cult em São Paulo, março deste ano) e todas as edições do Terruá Pará, foi indicado para "Personalidade do Ano". Na mesma categoria, concorrem Renata de Almeida (atual diretora da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo) e Sérgio Vaz (o idealizador do Sarau da Cooperifa, também em São Paulo). O anúncio do prêmio será no dia 30 de outubro, no mesmo lugar que no começo deste mês abrigou mais três noites do Terruá: o Auditório Ibirapuera, em São Paulo.

  • 0h25 - O baixista Ícaro Suzuki (da banda Madame Saatan) foi liberado pelos médicos para passar o Círio em casa, com a família. A tomografia realizada na segunda, 8, mostrou que o músico se recupera bem da lesão decorrente do atropelamento que sofreu no dia 2. Após o Círio, Ícaro deverá retornar ao hospital para seguir com o tratamento.
Ícaro Suzuki

  • 0h20 - A estreia do CaBloco Muderno, na terça, 9, após a prévia no show de Marco André na quinta, 4 (leia aqui nosso comentário - http://somdonorte.blogspot.com.br/2012/10/foi-show-marco-andre.html) foi prejudicada pelo péssimo som do Teatro Maria Sylvia Nunes (Belém). Foi triste ver que a animação transmitida pelos cerca de 20 músicos da banda (e sentida por eles no palco, segundo o próprio Marco me contou) chegava muito reduzida à plateia, em função do equipamento. Só lá pela metade do espetáculo é que o nível ficou ao menos satisfatório. Já quanto à performance do grupo, nada a opor! Além de temas próprios como a "Guitarrada do CaBloco", eles adaptaram para sua original fusão de instrumentos de percussão amazônicos e cariocas temas tão variados como "Sonífera Ilha", dos Titãs (música que, segundo Marco André, é um "bregão") e "Lindo Balão Azul" (Guilherme Arantes), que virou quase um axé. Apenas em "Ai, Menina", para mim, a adaptação deixou a desejar, mas de fato é difícil superar o charme da gravação original da própria autora desse carimbó - ninguém menos que Lia Sophia. Já Nazaco, do Trio Manari, foi uma atração à parte, cantando alguns temas e dançando livremente pelo palco ou mesmo pelos corredores da plateia. O show teve as participações de Dona Onete, cantando "Lua Namoradeira", e de Jacó do Pente, que comandou a parte final de sucessos de carimbó (como "Pescador", de Mestre Lucindo), com o reforço da bateria do CaBloco, quando então havia cerca de 70 músicos tocando no teatro - o que seria maravilhoso de ouvir, se o som ajudasse. Bueno, a vida continua, e nesta sexta, 12, a bateria do CaBloco participa da festa Black Soul Samba, com Oswaldo Bezerra, no bar Palafita (Cidade Velha). A festa inicia após o Auto do Círio. 
Estreia do CaBloco - foto: Lúcio Mouzinho

    Luê Soares
  • 0h18 - Luê (foto) gravou participação no novo CD de Otto, The Moon 1111. O disco será lançado pelo pernambucano em show na Praça Victor Civita em São Paulo nesta sexta, 12, a partir das 18h. A paraense canta na faixa "Selvagens Olhos, Nego", porém não irá participar do show, já que se encontra em Belém, onde canta no sábado, 13, no Arrastão do Círio (mais detalhes aqui - http://somdonorte.blogspot.com.br/2012/10/agenda-belem-arrastao-do-cirio.html)

  • 0h15 - O Círio de Nazaré será celebrado também no Recife, mais exatamente na paróquia Nossa Senhora da Soledade (Av. Oliveira Lima, 1029, Boa Vista). Haverá missa às 9h do domingo, 14 de outubro, seguida por procissão e almoço com bufê paraense completo (o típico almoço do Círio, com pato no tucupi, arroz paraense, maniçoba, tacacá etc.). A cantora paraense Ângela Carlos, radicada na capital pernambucana, irá cantar no início da procissão. 

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Fãs de Madame Saatan doam sangue para Ícaro Suzuki


A Fundação Hemopa publicou nesta segunda, 8, no Facebook a foto destes cinco fãs da banda Madame Saatan, que foram doar sangue para o baixista Ícaro Suzuki, que se recupera de atropelamento sofrido no último dia 2. 

Ajude você também, doando qualquer tipo de sangue em nome de Ícaro Suzuki Silva no Hemopa, que fica na Padre Eutíquio, 2109, em Belém. 

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Rapidola @SomdoNorte: atualizações da 2ª, 8.10.12

  • 17h10 - Jeanne Darwich cancelou sua participação no segundo show do Circuito Autoral de Joelma Klaudia, no Municipal (Belém), dia 12, sexta. Quem irá participar então do show de Joelma será Débora Vasconcelos, juntamente com Juliana Sinimbú. Na abertura, Gláfira, Elias Hage e o Projeto Charmoso.


  • 17h05 - A cantora paraense Carolina Baía disponibilizou no Soundcloud na segunda, 1, a primeira música já finalizada que deve estar no seu EP com produção de Ricardo A. Smith, também autor da canção "Desejos e Tormentos", em parceria com Ricardo Smith. O EP será lançado em breve.
CAROLINA BAÍA
"Desejos e Tormentos"



  • 17h - A banda paraense The Baudelaires lançou hoje no Soundcloud nova música: "Come Over", assinada por Andro Baudelaire. Na quinta, 4, já havia entrado no ar "Dear Lover". Salvo engano meu, são os primeiros sons que a banda lança desde o EP City Love, que saiu em abril de 2011. Ouça em  http://soundcloud.com/the_baudelaires


Ícaro Suzuki se recupera

Sammliz, vocalista da banda Madame Saatan, publicou em sua página do Facebook há 50 minutos um comunicado sobre a recuperação do baixista Ícaro Suzuki: 

Sammliz
Sobre o Ícaro: Resultado da última tomografia acusou que a lesão está em processo de cura.:) Hoje ele já conseguiu se alimentar um pouco. A recuperação será um pouco lenta mas ele vai ficar bem.


A família e nós agradecemos toda a força e as boas vibrações vindas de vocês.Obrigada também pelas doações no Hemopa e por assinarem e compartilharem a petição .♥
http://naofoiacidente.org/blog/assine-a-peticao/