Aqui se fala do som dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

terça-feira, 17 de abril de 2012

De Olho: Lia Sophia no Programa do Jô

Na madrugada desta terça, entre 2h10 e 2h30 (hora de Brasília), a cantora Lia Sophia foi entrevistada por Jô Soares e chegou a figurar nos TT BRasil (imagem acima) - ou seja, os assuntos mais comentados no Twitter naquele momento no país. Um pouco nervosa a princípio, Lia em seguida se soltou e contou histórias incríveis. Uma ela já havia mencionado, sem tantos detalhes, no evento Fuxicando com Lia Sophia, que realizamos há um ano, em 19 de abril de 2011, no Fuxico (Belém)( veja aqui como foi). Me refiro a seu primeiro show, que aconteceu... num bordel. Ela só soube a natureza do estabelecimento quando já estava lá, e de imediato combinou com a proprietária que a única coisa que faria ali seria cantar. A mesma postura profissional, digna de registro em alguém no começo da carreira, ela teve quando a dona do lugar tentou ficar com 20% do que Lia faturava com as gorjetas dos frequentadores da casa. Discordando, ela saiu, para cantar em bares (futuramente chegou a ter um, o Carpe Diem, mas não chegou a falar disso).

Outra história fantástica foi da nacionalidade da artista, nascida em Cayenna num período em que seus pais foram tentar melhorar de vida na Guiana Francesa. Com 3 anos de idade, a família já voltara a Macapá, porém em todos seus registros ela constava como nacionalidade francesa. Até que um dia, quando já estava morando em Belém, perdeu os documentos e precisou refazê-los. Um funcionário público a advertiu que ela poderia ser presa por ser francesa na certidão de nascimento e ter documentos emitidos no Brasil! Mas felizmente, nada disso aconteceu, ela refez a certidão com nacionalidade brasileira.

Lia falou ainda dos discos Amor Amor , Castelo de Luz e do promocional com canções do próximo CD, Salto Mortal, que irá gravar com patrocínio da Natura (que também selecionou a paraense Luê). Cantou um trecho da faixa-título deste, acompanhando-se ao violão, e fez também o sucesso "Ai Menina" com sua banda completa (Davi Amorim, Adelbert Carneiro, Daniel Delatuche, Edvaldo Cavalcante e Márcio Jardim). Foi como tinha que ser, pois como o próprio diretor do Programa do Jô lhe disse, "sem sua banda a gente não vai poder reproduzir o seu som".

Dois dias antes, Lia realizou em Belém seu quinto Baile BregaChic, na semana de inauguração do CamarIN. Na foto acima, clicada por Joana Vieira, ela aparece cantando "Minha Amiga" ao lado de Mauro Cotta, um dos autores da canção. Leia sobre como foi o Baile no Blog da Joana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário